Etiquetas

Somos o povo da pressa. Em trabalho, tempos livres, férias, feriados ou folgas temos sempre a mania das pressas. Vamos ao supermercado e queremos despachar aquilo o mais depressa possível, cinco minutos na caixa e já está uma catástrofe a acontecer algures em nenhures. O semáforo demora 30 segundos a acender o verde e já bufamos por todos os poros do corpo porque nunca mais chegamos ao destino. O computador está lento a iniciar, bem! isso é o drama, temos tanto que fazer à noite, no sofá, a ver televisão que não podemos esperar um minuto pela pobre máquina.

Por norma, vivemos apressados mesmo quando não temos pressa nenhuma. Podemos ter uma tarde inteira livre mas aquela espera na fila da bomba de gasolina ou na caixa do McDonalds quando lá vamos em dia de ressaca tira-nos do sério. 

Mas, o que me tira mesmo do sério são as pessoas maiores de 50 que vão para o inicio das filas todas e passam à frente de toda agente. Pior, fingem que não vêem as 50 pessoas que já estavam na fila, à espera, há 10 ou 15 minutos. A sério avózinhas, tenho todo o respeito por vós mas não são vocês que têm de dar o exemplo aos netinhos e aos jovens que fazem tudo o que não se fazia no vosso tempo?

Se tiverem coxas, de cadeira de rodas ou se pedirem com educação para passar à frente porque não podem estar de pé mais de 5 minutos, toda agente vos dá licença mas assim? Porem-se ali a fingir que não viram ninguém e a passar à frente? Não é de boa educação gente sénior e não vale a pena ficarem todas ofendidas porque alguém da fila vos chamou à atenção.

Sim, tenho menos 30 ou 40 anos que vocês mas ensinaram-me a ter maneiras e a respeitar os outros. Da próxima vez que decidirem ofender os jovens porque no vosso tempo não era assim, pensem naquilo tudo que fazem e que no nosso tempo não é assim. 

 

Anúncios